The Inner Scar

Não disponível no seu país

The Inner Scar

Philippe Garrel

Partilhar

França197260 MinFrancês, Inglês, Alemão

Legendas: EN, FR, DE, HU, IT, PL, PT, RO, ES, UK

Espalhe a palavra

The Inner Scar is available on ArteKino until 31 outubro

Na imprensa

THE INNER SCAR é, não raras vezes, muito divertido, com um humor (...) que nasce e depende da incongruência da finitude humana evidente nas várias perspetivas do mundo natural do filme.
The New York Times

The Inner Scar

(La Cicatrice intérieure)

Um filme poético e pictórico, descrito como uma "colagem de sonhos". O filme foi gravado sem guião, mas Garrel já tinha inventado o título final ("a cicatriz interior"). Este título foi uma obsessão para ele, cada cena teve de ter uma expressão da "cicatriz interior". Para além do próprio Garrel e do ator Pierre Clementi, também Nico, ex companheira de Garrel e membro da lendária banda Velvet Underground, desempenhou um papel no filme. Outro papel importante foi o da paisagem. Garrel, que tinha 23 anos quando realizou o filme, foi comparado a Jean Vigo por causa da sua idade e talento. THE INNER SCAR levou, até, Claude Mauriac a chamá-lo o "Rimbaud do cinema".

Festival de Cannes
Toronto International Film Festival

Protagonizado por:  Philippe Garrel, Nico, Pierre Clémenti, Balthazar Clémenti, Daniel Pommereulle
Produção: Zanzibar Films / Open Films / Capital Cinéma

artekino.film.label.artekino_quote

THE INNER SCAR, um incrível filme-poema que é também o culminar do filme-deserto. Garrel reduz as paisagens áridas — escaldantes ou geladas — ao essencial: beleza, pureza, mas também sofrimento. Com a sua falsa aura de heroic fantasy em ácidos, THE INNER SCAR mostra a angústia de uma geração e a vida de um casal atolado entre incompreensão, união e teste aos limites. Um filme feito por um grupo muito unido sobre uma comunidade pouco provável, no qual o realizador filma a sua amante, amigos e filhos.
Olivier Père, Director de Arte France Cinéma

Philippe Garrel

Não devemos fazer perguntas enquanto vemos o filme... Deverá ser visto por prazer, o mesmo que sentiríamos ao caminhar no deserto.

Philippe Garrel é um realizador e ator francês. Recebeu o Prix Jean-Vigo para THE SECRET CHILD em 1982. Foi galardoado duas vezes no Venice Film Festival com o Silver Lion para melhor realizador, em 1991, com I DON'T HEAR THE GUITAR ANYMORE, e em 2005 por REGULAR LOVERS, pelo qual também recebeu o Prix Louis-Delluc. Os seus filmes retratam maioritariamente a juventude dos protestos dos anos 60, da qual fez parte. O seu filme LOVER FOR A DAY (2017) foi selecionado para o Directors' Fortnight na 70.ª edição do Cannes Film Festival.

image/svg+xml